Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 315
Data:
30/9/2002
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1374627 vezes
» Índice
» Foco
Um brinde ao paladar  

» Turismo
Australia Em contato com a natureza  

» Comportamento
é proibido fumar Os Estados Unidos não cessam a guerra contra o cigarro. Estão proibindo os fumantes de alimentar o vício até nas suas próprias casas  

» Arte
Conheça a técnica de pintar as matas brasileiras, da pintora Beth Lírio, que está conquistando o mundo
» Editorial
O endereço do crime
» Boca Miúda
Surpresa de São Matheus, pode atrapalhar os planos do “chapão” que quer eleger grande número de deputados
» Triângulo
Ortopedista Geraldo Silveira implanta equipamento revolucionário em sua clínica de Santa Lúcia
Boca Miúda

Italiano bom de voto  
Ninguém tasca, o senador Gerson Camata (PMDB) continua mesmo dono cativo de uma boa parcela do eleitorado capixaba.  
Sem fazer campanha, ele tinha mais da metade das intenções de votos capixabas. Negligenciou seus concorrentes e caiu 10 pontos nas pesquisas. Mas foi só colocar a cara nas ruas para recuperar o índice.  
Ninguém tira dele – e provavelmente do deputado Magno Malta (PL) – uma das vagas no Senado. Vai para 24 anos na casa. Somados outros quatro mandatos de vereador em Vitória, deputado estadual, deputado federal e governador, vai completar 40 anos de vida pública.  
 
Fervendo  
O deputado estadual José Carlos Gratz (PFL) chutou o pau da barraca quando alguém insinuou que a reserva do clube onde ele fez sua festa de aniversário foi feita em nome da Assembléia. Ficou tão nervoso que manteve deputados e jornalistas esperando por mais de uma hora no plenário da Casa, até que funcionários explicassem tudo direitinho.  
É o sangue italiano fervendo nas veias.  
Afinal, a pressão dos últimos dias, tem sido insuportável.  
 
Vergonha  
Hoje existem no país mais curso superior do que de datilografia nos anos 50. Na sua imensa maioria são fábricas de dinheiro para empresários inescrupulosos absolutamente despreparados para lidar com a educação. O resultado disso são profissionais de nível superior muito bem programados para serem auxiliar de escritório. Uma vergonha!  
 
Fumaça e fogo  
De vez em quando a força-tarefa federal que está operando no Espírito Santo anuncia alguns caminhos de sua investigação que sinalizam que está na direção certa.  
Mas, depois, tudo parece se acalmar.  
No final disso tudo, das duas uma: ou a operação se consagra ou se desmoraliza. Não existe mais meio termo.  
 
Abre-alas  
Antes mesmo das eleições, o governo capixaba já abriu espaço para a equipe de transição dos novos administradores do Estado começar a trabalhar.  
A equipe do Programa de Planejamento de Ações de Segurança (Pro-Pas) deixou o oitavo andar do Edifício Caparaó (Bandes), no Centro de Vitória, e foi acomodada no apertado Fábio Ruschi.  
No mesmo espaço funcionou a equipe de transição de José Ignácio quando ele ganhou o governo, há quatro anos.  
 
Troca de comando  
André Nogueira, que é diretor da Assembléia Legislativa, não é mais o coordenador de campanha do deputado José Carlos Gratz (PFL), presidente da Casa. Em lugar dele entrou Ademar Rocha (PMDB), que é presidente da CMV.  
Há muitos anos fiel escudeiro de Gratz, Nogueira volta-se agora exclusivamente para seu trabalho na AL. Rumores de uma crise entre entre os dois, estão sendo desmentidos por amigos de ambos.  
 
Morre um pioneiro  
Montanha, município do extremo norte capixaba, acaba de perder um de seus pioneiros.  
Edgard Gomes dos Santos morreu, aos 80 anos, no último dia 15 de setembro, justo a mesma data em que chegou de Ilhéus (BA) em 1949 para colocar a primeira loja de Comercinho da Palha, primeiro povoado que deu origem a Montanha.  
O herdeiro político de Edgard, que foi vereador durante a década de 50, quando a região ainda pertencia a Mucurici, é seu filho mais novo, Eunápio Gomes (PSB), líder da oposição na Câmara.  
 
Acertou no que não viu  
O empresário Valdeir Nunes dos Santos, hoje o maior empreendedor das montanhas capixabas com seu Parque do China, atirou no que viu e acertou no que não viu.  
Ele lançou o empreendimento Colinas Apart Hotel e os clientes, quando visitam o parque, estão decidindo por uma outra opção, que não está sendo anunciada mas que vai de vento em popa: o condomínio de chalés, que também funciona no sistema de aparts e dá um retorno muito maior do que aplicações no mercado financeiro.  
 
Pioneiro  
O médico Geraldo Silveira, talvez o mais premiado ortopedista do Espírito Santo, proprietário da Clínica Ortopédica Sta. Lúcia, acaba de trazer para o Estado seu primeiro equipamento de Onda de Choque Extracorpórea para uso exclusivo em patologias do sistema músculo-esquelético.  
Desenvolvido com tecnologia de última geração, o equipamento permite a aplicação de ondas de choque de baixa, média e alta energias, direcionadas precisamente para a lesão a ser tratada permitindo maior comodidade para o paciente, maior segurança e eficácia clínica. Geraldo é mais uma vez pioneiro.  
 
Na boca da urna  
Candidatos em desvantagem nas pesquisas de intenções de voto estão apostando na boca de urna para tentar virar os números.  
O principal deles é o deputado federal Ricardo Ferraço, que está quase 20% atrás de Magno Malta (PL) e Gerson Camata (PMDB).  
E mesmo assim mantém a confiança.  
 
Prefeito multado  
O prefeito José Carlos Caléo de Oliveira (PFL), de Alegre, foi multado em R$ 3 mil pelo Tribunal de Contas da União (TCU), por não repassar ao Hospital Casa de Caridade São José os recursos do Sistema Único de Saúde relativos ao mês de novembro de 2000.  
A punição do TCU foi em atendimento a representação formulada pelo vereador Carlos Lemos Barbosa e o relator do processo foi o ministro Iram Saraiva.  
A prefeitura recebeu um prazo de 15 dias para fazer o repasse. Se isso não ocorrer, o prefeito sofrerá nova multa.  
Essas situações se sucedem porque, na verdade, maus gestores públicos continuam podendo se candidatar normalmente. O Espírito Santo está repleto desses exemplos.  
 
Garoto travesso  
A coluna está casando fichas: se José Serra (PSDB) insistir em bater em Lula, vai perder o segundo lugar na corrida presidencial para Anthony Garotinho (PSB).  
 
Surpresa à vista  
Pode vir do norte do Estado a surpresa dessas eleições. Reforçando o discurso regionalista, o comerciante Amadeu Boroto (PSB) está com o bloco nas ruas em busca de uma vaga na Câmara dos Deputados e pode chegar na frente do presidente do partido, Renato Casagrande.  
Com essa força inesperada de Boroto, a coligação liderada pelo PSB pode fazer legenda e emplacar um deputado federal, frustrando os planos do chapão PSDB-PPB-PMDB de fazer mais da metade das vagas em Brasília. Num outro front, a coligação PTB-PDT vem ameaçando chegar a três deputados.  
E não se pode desprezar a possibilidade de o voto de legenda do PT, puxado pela performance do presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva, surpreender e dar à coligação do partido também uma vaga.  
Quem parece mesmo perdido é o PFL, apesar da reação de Eval Galazi na reta final. Mas dificilmente a legenda vai conseguir os 150 mil votos necessários para fazer um deputado e, com a despencada de Ciro Gomes, José Carlos da Fonseca Júnior deverá mesmo voltar para a diplomacia.  
 
Candidato distrital  
Outro filho do pioneiro Edgard Gomes dos Santos, de Montanha, trilha os caminhos políticos, só que fora do Estado.  
Evandro Gomes é candidato a deputado distrital em Brasília.  
 
Fogo no Centro  
O fogo que queimou boa parte do patrimônio histórico do Mercado da Capixaba ameaça outras edificações do Centro de Vitória.  
Os prédios antigos são os que possuem maior risco, mas há edifícios residenciais sem “habite-se” até hoje e sem qualquer equipamento de segurança.  
Em caso de incêndio, vai ser uma tragédia.  
 
Bons de briga  
Uma das armas de José Serra contra Lula é associá-lo à “baderna”, bem como a um de seus principais escudeiros, o depu-  
tado José Dirceu, presidente nacional do PT.  
O que José Serra não pode se esquecer é de que, em 1964, ele era presidente da União Nacional dos Estadantes (UNE) e também estava na resistência ao golpe militar, o que igualmente era rotulado de baderna.  
Pau que dá em Chico...  
 
No shopping  
No último dia 19, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Regional do ES reuniram-se no Shopping Vitória em comemoração ao Dia do Ortopedista.  
Para registrar a ocasião, os profissionais colocaram em exposição uma maquete com o projeto da modificação do Programa “Casa Segura Nacional”. O trabalho tem como objetivo adequar o ambiente domiciliar para prevenção de acidentes caseiros e corriqueiros, principalmente entre pessoas da terceira idade.  
A maquete com oito ambientes bem distribuídos em quartos, salas, cozinhas e banheiros, mostra o ambiente de uma residência padrão e adaptada para a prevenção dos acidentes.  
Palmas para a iniciativa!  
 
Em casa  
César Colnago (PPS), médico e vereador de Vitória, conseguiu pela primeira vez um forte apoio em sua terra natal, Itarana, que há muito tempo não tem representação política.  
Deve sair de lá como o candidato a deputado estadual mais votado.  
Isso o credencia ainda mais a ocupar uma das vagas na próxima Assembléia Legislativa.  

  
O senador Gerson Camata (PMDB)

O médico Geraldo Silveira

Ricardo Ferraço

César Colnago (PPS)

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.