Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 315
Data:
30/9/2002
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1374553 vezes
» Índice
» Foco
Um brinde ao paladar  

» Turismo
Australia Em contato com a natureza  

» Comportamento
é proibido fumar Os Estados Unidos não cessam a guerra contra o cigarro. Estão proibindo os fumantes de alimentar o vício até nas suas próprias casas  

» Arte
Conheça a técnica de pintar as matas brasileiras, da pintora Beth Lírio, que está conquistando o mundo
» Editorial
O endereço do crime
» Boca Miúda
Surpresa de São Matheus, pode atrapalhar os planos do “chapão” que quer eleger grande número de deputados
» Triângulo
Ortopedista Geraldo Silveira implanta equipamento revolucionário em sua clínica de Santa Lúcia
Turismo

Considerado o Estado mais turístico da Austrália, Queensland oferece um pouco de tudo ao viajante que pretende uma comunhão inigualável com a natureza  
Local preferido entre os inúmeros destinos que fazem sonhar os apaixonados por viagens, Queensland tem lugar cativo nos roteiros de aventura. Fazendo fronteira com o Território do Norte, estende-se desde as florestas tropicais , do Cabo York à zona temperada junto ao litoral. Aqui, a tradicional separação entre praia e campo perde todo o fundamento lógico e as florestas, os lagos e os rios constituem atrativos indispensáveis à prática de um infindável número de atividades ao ar livre. Do bushwalking ao mergulho, tudo o que se possa imaginar pode ser aqui facilmente praticado. Uma das pérolas da ilha é, sem dúvida, a Grande Barreira de Coral, a maior do mundo, estendendo-se os seus 2 mil quilômetros desde o Trópico de Capricórnio ao sul da Nova Guiné.  
Cruzando a Great Dividing Range, a cadeia montanhosa à volta de Brisbane que segue para norte, pelos Estados de New South Wales e Victoria, chega-se a Mount Isa. Na aproximação deste centro mineiro, as gigantescas chaminés testemunham a importante atividade extrativa e transformadora da região. As suas minas de cobre, prata, chumbo e zinco foram, recentemente, transformadas em atração turística, fascinando um número cada vez maior de visitantes.  
Mas os inúmeros recantos por descobrir na região não terminam aqui. Em Wyclife Well, um pequeno ponto mal assinalado no mapa, às portas do deserto de Tamini, a fronteira entre realidade e ficção apresenta o seu lado mais exótico. Associada a fenômenos extraterrestres, é tida como a versão australiana do célebre Rosewell norte-americano. Junto à estação de serviço, uma nave, bonecos e pinturas evocam a passagem dos alienígenas, cujas incríveis histórias são explicadas no bar local, onde um número apreciável de recortes de jornal colados na parede dão um certo realismo ao tema. Para os europeus, a enorme distância que separa os dois continentes é um fator seletivo, sendo necessárias mais de 8 horas de vôo para se chegar o local.

  
Australia



As florestas, lagos e rios constituem atrativos indispensáveis à prática de um infindável número de atividades ao ar livre. Do bushwalking ao mergulho, tudo o que se possa imaginar pode ser facilmente praticado nesta ilha





Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.