Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 322
Data:
15/1/2003
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1297000 vezes
» Índice
» Autos
Uma volta pelo Oeste num super carro  
totalmente americano  

» Turismo
Viena de austria A eterna valsa do Danúbio Azul  

» Foco
Toma Posse a nova diretoria do Centro do Comércio do Café  

» Momento
Momento especial para o colunista Maurício Prates e os executivos Marcelo Netto e Otacílio Pedrinha em confraternização no aconchegante wine bar da Casa do Porto em Vitória.
» Turisnotas
No café da manhã do business floor do Bahia Othon, os manjares dos deuses são servidos por uma autêntica representante dos céus
» Editorial
A responsabilidade de Lula
» Boca Miuda
Tudo sobre os bastidores da posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva
» Triângulo
Em julho de 2002, o senador Antonio Carlos Magalhães já profetizava a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva
Foco

A presidência do Centro do Comércio do Café de Vitória (CCCV)muda de mãos. A transferência do cargo ocorreu em dezembro, em uma cerimônia no Hotel Senac Ilha do Boi, quando o então presidente da entidade, Élio Carlos Casagrande, coordenou a posse da nova diretoria, presidida agora por Otacílio Coser Filho.  
O atual vice-presidente é Marcelo Silveira Neto. Cerca de 400 pessoas presenciaram a transferência do cargo, que começou com a cerimônia de posse, seguida de coquetel e jantar.  
Fizeram parte da mesa o senador Gerson Camata, o governador Paulo Hartung, além de Élio Carlos Casagrande, Otacílio Coser Filho e Marcelo Silveira Neto. A cerimônia começou com o repasse de uma verba para compra de uma nova sede para a Aces.  
Quem recebeu a verba foi a representante da entidade e coordenadora de Comunicação da Rede Gazeta, Maria Alice Lindenberg. “Isso nos possibilitará a expansão e assim fazer ainda mais pela população carente”, disse Maria Alice, em tom de agradecimento.  
Após assistir em um telão a exibição da nova logomarca do Centro de Comércio do Café de Vitória, o público acompanhou um vídeo em homenagem à personalidade da noite, que foi Elio Carlos Casagrande, o primeiro a discursar.  
“Realmente foi uma surpresa, e manter segredo no Centro do Comércio de Café é uma tarefa muito difícil”, brincou ele. O lado sério do discurso de Casagrande ressaltou os avanços da entidade durante sua gestão.  
“Foram 42 anos dedicados ao café e neste tempo conseguimos destaques no Estado e fora dele. Atuamos como fomentadores da economia e agora devemos expandir nossa atuação a toda a comunidade”, frisou Casagrande.  
O setor cafeeiro capixaba ocupa o primeiro lugar em emprego e renda no Estado. “O café pode fazer ainda mais pelo Espírito Santo do que já fez no passado e faz no presente”, desafiou, revelando números recordes de exportação atingidos em 2002.  
Em seguida, foi a vez do presidente empossado tomar a palavra. Otacílio Coser Filho, visivelmente emocionado, fez um breve histórico sobre a tradição do café no Estado, lembrando que havia 150 anos desde a primeira embarcação de exportação de café no Porto de Vitória.  
Criado em 1947, ele lembrou que o Centro do Comércio do Café de Vitória teve em toda sua história a participação ativa de seu pai, Otacílio Coser, que estava presente na platéia. “Em 2002, o porto comemora150 anos com a exportação de 7,5 milhões de sacas de café”, revelou, lembrando que estes números requerem linhas de financiamentos compatíveis com a riqueza que o setor produz.  
O senador Gerson Camata também falou sobre o assunto que ele entende bem. Considerado o “senador do café”, ele lembrou que 250 mil pessoas vivem desta cultura. “Tudo que o Espírito Santo é hoje, ele deve ao café”, afirmou.  
O governador Paulo Hartung encerrou os discursos da cerimônia de posse, com uma fala mais política que econômica. “O mesmo Estado que bate recorde de exportação e inaugurou um dos maiores investimentos econômicos do país, a nova fábrica da Aracruz, tem problemas sociais graves, como a violência”, observou.  
“Espero contar com todos para conduzir o Estado ao reencontro com suas tradições”, concluiu o governador. Entre os presentes, estavam políticos, empresários e todos os representantes do Centro do Comércio do Café de Vitória, com Osmar Moraes, Zuca Coser, Mário Abreu Guerra, Lacínio Tápias, Alfredo Gilberti, Bruno Forza Sarcinelli, entre outros  

  
Otacílio Coser Filho assina o termo de posse na presidência do CCCV

Otacílio Coser pai e filho, expoentes da cafeicultura brasileira

O ex-presidente, Élio Carlos Casagrande, entre o atual vice, Marcelo Netto, e o presidente Otacílio Coser Filho

Lacine Tápias e Oswaldo Dadalto

Flavinha e Marcelo Netto

Bernadeth e Almir de Orem

O governador Paulo Hartung durante seu discurso

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.