Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 306
Data:
15/5/2002
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1373522 vezes
» Índice
» Editorial
Entre o real e o imaginário
» Autos
Bentley Arnage Red Label: motor, suspensão, câmbio e freios controlados por computador
» Momento
Kátia e Ruy Sampaio curtindo o agradável Villa Gourmet, restaurante comandado pela filha Flávia
» Turisnotas
Brasileiros bem sucedidos em New York, dirigem o Alphabet Kitchen, restaurante da moda
» Boca Miuda
Papo ao vinho
» Triangulo
Na inauguração da expansão do Shopping Vitória, Américo Buaiz Filho recebe a Comenda Jerônimo Monteiro
Boca Miuda

Papo ao vinho  
Fora da lista de convidados da baianada, o deputado José Carlos Gratz (PFL) encontrou-se na Casa do Porto com o seu colega Reinaldo Braga, presidente da Assembléia Legislativa da Bahia.  
Braga circulou pela cidade em veículos elegantemente cedidos por Gratz.  
Nos contatos com capixabas, o presidente da AL baiana deixou a desejar nas conversas – ou escondeu o jogo.  
 
Quem perde  
A entrada de João Coser na corrida ao Senado deverá dar uma nova configuração à disputa pelas duas vagas aqui no Estado.  
Resta saber se ele tira votos de Gerson Camata (PMDB) e Magno Malta (PL), os dois favoritos atuais, ou vai surgir atropelando como um azarão, deixando esses dois brigando pela outra vaga.  
Magno pode ser atingido pela exoneração de seu ex-assessor, Miguel Fernandes, da Secretaria de Transportes em Vila Velha.  
 
Casa de Noca  
O prefeito Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) vai ter muitos problemas na campanha eleitoral deste ano. Tem amigos demais concorrendo a uma vaga na Assembléia Legislativa.  
Dois de seus ex-secretários, César Colnago e Luciano Rezende, concorrem pelo PPS. No PDT, tem Lelo Coimbra e no PSDB, o vereador José Carlos Lyrio.  
E ainda tem a mãe, Mariazinha Vellozo Lucas, concorrendo pelo ninho tucano – e já utilizando o programa de televisão do partido para se promover.  
 
O funil se fecha  
Com a desistência do deputado federal João Coser (PT), que vai disputar uma vaga ao Senado, o funil da corrida ao governo do Estado se fecha, por enquanto, em Paulo Hartung (PSB), Max Mauro (PTB) e o governador José Ignácio Ferreira (PTN), candidato à reeleição.  
Em desvantagem nas pesquisas, Ignácio reúne munição para contra-atacar seus adversários.  
Max Mauro, o segundo nas intenções de voto, vai ser atingido pelo escândalo envolvendo a prefeitura de Vila Velha e a Marval.  
Nessa corrida, Paulo Hartung não tira o olho do retrovisor.  
 
Terceira via  
O deputado federal João Miguel Feu Rosa ensaia-se como a terceira via nas eleições capixabas, podendo concorrer ao Palácio Anchieta pelo PSDB.  
Não é bom desprezar sua força. Além de ser deputado federal em segundo mandato, João Miguel é irmão de um desembargador, Antônio Miguel, e tio de outro, Pedro Valls Feu Rosa.  
E já anda se articulando junto ao comando da Assembléia Legislativa.  
 
No ventilador  
Tem tanta coisa podre para sair envolvendo a execução  
do advogado Marcelo Denadai, que custa acreditar que a po-  
lícia vai revelar tudo o que  
vem por aí.  
Talvez seja mesmo a hora de puxar a ponta do novelo e descobrir tudo o que ele envolve.  
Reflexos  
Quem, nas prefeituras capixabas, fez negócios envolvendo kits escolares está com o rabinho na ratoeira desde que estourou o escândalo envolvendo a Marval, empresa capixaba, com a Prefeitura de São Gonçalo, no Rio.  
O assunto já está balançando a Assembléia Legislativa e alimentando a inimizade política dos deputados Juca Alves (PSDB) e Fátima Couzi (PPB).  
 
Um homem bom  
Vítima do cigarro, faleceu ontem, dia 06/04, Shogo Ishii, conhecido como Flávio dono da Banca do Japonês. Honesto, trabalhador, transformou-se numa personalidade que fazia parte da vida da Praia do Canto.  
Pacato, entusiasmado com o seu trabalho de jornaleiro era respeitado e querido pela comunidade. Um exemplo de profissional e cidadão. A coluna lamenta profundamente o seu precoce desaparecimento. Descanse em paz Flávio.  
 
Mistério do continente  
O escândalo envolvendo a Marval com a Prefeitura de Vila Velha vai fazer mais vítimas do que os dois secretários municipais demitidos para “dar uma satisfação” à opinião pública.  
Já se tornou público que a Marval é dos donos da antiga fábrica de massas falida Alcobaça, a família Sarlo.  
Só um ingênuo vai acreditar que é mesmo de um ilustre desconhecido uma empresa que faz um contrato de quase  
R$ 7 milhões com uma prefeitura.  
 
Lições de casa  
O ex-deputado estadual Carlinhos Lyrio (PPS) encontrou uma maneira de furar o bloqueio que lhe foi imposto nos veículos de comunicação de São Mateus pelo candidato a cacique Rui Baromeu (PMDB).  
Foi falar na Rádio Transanorte, que é de Boa Esperança, e entrar com o som limpo em São Mateus, seu reduto eleitoral.  
E está apostando que volta à Assembléia Legislativa.  
 
Quem diria?  
Pesquisas de intenção de votos realizadas na Bahia revelam que mais de 50% dos eleitores de Antonio Carlos Magalhães (PFL) pretendem votar em Lula para presidente da República.  
Há quem diga que Duda Mendonça, que colocou no mercado um livro belíssimo contando sua vitoriosa carreira profissional, está intermediando um encontro de Lula com ACM. Ele é o marqueteiro da campanha do petista.  
 
Invasão baiana  
O grosso do PIB econômico e político da Bahia invadiu o Estado no início do mês para o casamento do deputado estadual Fábio Souto (PFL) com a capixaba Isabela Ceolin Dadalto, filha de tradicional família de Linhares.  
O enlace foi na Catedral Metropolitana e, do meio político do Espírito Santo, só foram convidados os três senadores – Paulo Hartung (PSB), Gerson Camata (PMDB) e Ricardo Santos (PSDB) –, que são colegas e amigos do pai do noivo, o senador Paulo Souto, que tem 70% das intenções de votos baianas para a reeleição. E o deputado-diplomata José Carlos da Fonseca Júnior.  
Participaram do evento mais de 30 deputados estaduais, o governador Oto Alencar, o ex-governa-  
dor César Borges, o prefeito Imbassahy, de Salvador, e o ainda todo-poderoso ACM.  
 
Reage Centro!  
Se for para transformar a rua Duque de Caxias em um inferninho, como o bar dia-e-noite da Dionísio Rosendo, os moradores do Centro (e são muitos) agradecem o projeto da Prefeitura de fazer uma rua 24 Horas ali.  
 
Esperança capixaba  
A esperança do Espírito Santo nos assuntos relacionados a meio ambiente é a presença do José Carlos Carvalho no Ministério.  
Na região do Caparaó, cujo parque fica 70% em território capixaba, Minas massacra o Espírito Santo.  
Influência  
Pesquisas revelam que Anthony Garotinho lidera as intenções  
de voto para presidente no sul do Espírito Santo.  
Influência de sua administração quando prefeito de Campos.  
 
Haja cesta  
O deputado federal Marcus Vicen-  
te (PPB) comemora o sucesso de seu  
Rodeio do Trabalhador, que levou 130 mil pessoas ao centro de eventos César Rosalém, em Ibiraçu.  
Foram arrecadados 228 mil kg de alimentos em cinco dias de festa.  
Tudo para ser doado, em forma de ces-  
tas básicas, para famílias carentes e insti-  
tuições filantrópicas da região, que tem 80 mil eleitores.  
 
Caiu, afinal  
A coluna havia antecipado há quatro meses a iminente queda do secretário Stélio Dias, da Educação. Na época, a intenção do governador José Ignácio Ferreira era colocar José Tasso de Andrade na pasta, mas o deputado não quis, pois seria transitório, o que o governo também não queria.  
Depois de mais uma trapalhada, Stélio caiu, afinal.  
Não se tem idéia de qual será a reação do setor à nomeação do engenheiro Sérgio Misse. Sérgio entende mais de obras do que de educação. Problemas à vista.  
 
 

  
Reinaldo Braga e Gratz

João Coser

Mariazinha

o governador José Ignácio Ferreira

Max Mauro

João Miguel

Hartung

Shogo Ishii, conhecido como Flávio

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.