Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 290
Data:
15/9/2001
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1449917 vezes
» Índice
» EDITORIAL
Sucesso
» AUTOS
Filho de uma raça maior
» BOCA MIUDA
Ademar Rocha chegou à Câmara de Vitória
» TRIANGULO
Disputa pela calcinha de Luma de Oliveira irrita o marido Eike que desafia o comprador para um duelo
» TURISMO
Conheça Florença, uma das mais belas cidades da Itália, com seu maravilhoso passado histórico e cultural
TRIANGULO

Frases  
 
Muitos dizem, conforme sua afirmação, que eu sou uma velha raposa. Outros tantos, embora também mentindo, afirmam que você é viado.  
Antônio Carlos Magalhães em carta ao então colunista do JB, Arthur  
 
Xexéo  
 
Sabe o que significa voltar para casa à noite e encontrar uma mulher que lhe dá amor, afeto e ternura? Significa que você entrou na casa errada, só isso.  
 
Henny Yungman  
 
Hoje em dia, jantar em São Paulo custa dois mil dólares: duzentos do jantar, novecentos do relógio e novecentos do toca-fitas.  
 
Mauro Zukerman  
 
Antigamente publicitário era aquele que tinha largado o curso de jornalismo, o curso de psicologia ou o curso de arquitetura. Hoje, publicitário é o cara que largou o curso de publicidade.  
 
Eugênio Mohallem  
 
Uma criança é um anjo cujas asas diminuem à medida que as pernas crescem.  
 
Provérbio Francês  
Brasil? Fraude explica.  
Carlito Maia
 
 
A disputada  
 
Apesar de já ter passado mais de três meses, pode haver algo mais ridículo do que o empresário Eike Batista, perante as câmaras do Faustão, degladiar-se com um empresário paulista que arrematara em um leilão beneficente as calcinhas da sua mulher Luma?  
Em certo momento, intermediadores chegaram a propor uma barganha para que o arrematador levasse o sapatinho dela e deixasse com o ofendido marido a calcinha, que diga-se de passagem já era, por direito de leilão, do outro tarado.  
Em certo momento, Eike chegou a desafiar o dono da calcinha de Luma para um duelo.  
Por estas e outras, conta-se que o então ministro do governo Collor, Eliezer Batista, pai do felizardo noivo, teria entrado em profunda depressão quando Eike elegeu Luma sua amada.  
 
Isentos  
 
O procurador- geral de justiça, José Maria Rodrigues de Oliveira Filho, enviou ofício ao presidente da Assembléia Legislativa, deputado José Carlos Gratz (PFL), esclarecendo que não há qualquer indício de envolvimento dos deputados capixabas com esquema de recebimento de propina.  
“Inexiste, segundo informações do Grupo de Trabalho para Repressão ao Crime Organizado, relação de parlamentares envolvidos, bem como a discriminação de valores eventualmente recebidos, com datas de pagamento e indicação do agente que realizou”, disse o procurador.  
Conforme frisou o chefe do Ministério Público Estadual, após consulta aos antigos e atuais integrantes do Grupo de Trabalho para Repressão ao Crime Organizado, quando foi informado que o único documento que trata do assunto é um relatório “redigido com o fito de auxiliar os atuais integrantes do referido grupo, traçando linhas de investigação a serem observadas”. No entanto, não haviam elementos para sustentar a denúncia.  
Em imprensa nacional, foi veiculada denúncia de que parlamentares capixabas estariam recebendo “mesada” de R$ 15 mil do empresário Edgar dos Anjos. Cheques do empresário foram encontrados na conta da Assembléia Legislativa, porém, verificou-se tratar-se de aquisição de imóveis, através de leilão público, feita por ocasião da extinção do Instituto de Pensão e Aposentadoria dos Deputados Estaduais, em 1994.  
 
A diferença  
 
Impressionante a diferença do tratamento e do serviço entre duas seguradoras. A Porto Seguro, atendendo a um sinistro de um automóvel Mercedes Benz cujos valores ultrapassaram a 40 mil reais, atendeu e autorizou o serviço em menos de 24 horas. É claro que houve uma força e o interesse da corretora, no caso a Panda, comandada pelo Mário César. Já a Sul América, depois de marcar por diversas vezes a presença do inspetor e ter recebido uma enorme pressão da corretora, no caso, a HRD, só depois de muito aborrecimento e desgaste, atendeu ao aviso de sinistro. Uma das mais tradicionais corretoras do país, parece que a Sul América peca pelo gigantismo, a burocracia e uma baita falta de interesse dos seus funcionários. Que pena! Na renovação, o destino será a Porto Seguro.  
Em tempo: o valor do sinistro, no caso, não chegava a cinco mil reais.  
 
Marcos Gazzani  
 
Homem de decisões, deputado extremamente atuante, mesmo ainda estando no seu primeiro mandato, tem demonstrado maturidade e traquejo político invejáveis. O povo capixaba ainda vai ouvir e falar muito sobre ele.  
 
Imexível  
 
Sai governo entra governo. Entra secretário, sai secretário. Disputas internas começam e outras findam. Ela continua lá, firme como uma rocha. É apenas uma executiva no serviço público e chama-se Maristela Capucho. Faz tudo certo, é politicamente correta e tem reputação ilibada. Aliás, uma época até que já tentaram tirá-la de lá. Chamaram-na correndo de volta para fazer as coisas andarem rápida e corretamente tendo que, em troca, apenas respeitá-la e pagar o seu salário.  
 
Juca educado  
 
Educado e muito fino, o deputado Juca Alves. Depois de ter sido titulado de Juca fazendeiro na coluna da edição anterior de VB, não se furtou a telegrafar na segunda-feira, após a comemoração dos 16 anos da revista, desejando boa sorte e enviando congratulação. Inteligente!


Antônio Carlos Magalhães
Juca Alves

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.
» Publicidade