Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 312
Data:
15/8/2002
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1297023 vezes
» Índice
» Turismo Seychelles
O romantismo  
das ilhas Seychelles faz delas um  
destino singular

» Turismo Las Vegas
Na América nada é impossível.
» Turismo Sevilha
A capital da Andaluzia
» Turismo Tailândia
Há uma outra Tailândia além de  
Puker e da asfixiante Bangkok.

» Turismo Veneza
Veneza é uma cidade mágica. No momento das grandes regatas a cidade veste-se de festa e o seu encanto é ainda maior  

» Turismo Nova York
Um vôo panorâmico sobre o cotidiano da maior cidade do mundo  

» Turismo Bahamas
Bahamas  
Paradise Island  
E o paraíso ali tão perto...  

» Turismo Toledo
A cidade das três culturas
» Turismo Punta del Este
Céu azul, sol e excelente serviço
» Turismo Vitória
Lugares de toda beleza  
 

» Turismo Salvador
Da magia, mistério e alegria
» Turismo Grécia
Grécia  
O berço da cultura ocidental  

» Turismo Borgonha
A excelência dos vinhedos, abadias e canais
» Turismo Brasília
Breve roteiro para quem ainda não conhece e acredita em alguns mitos sobre Brasília,a capital-coração do Brasil  

» Turismo Miami
Eventos internacionais, moda, cinema, cultura pop, finanças internacionais e televisão global: tudo acontece na Grande Miami, o lugar da moda  

» Turismo Paris
Da moda à gastronomia, da arte à arquitetura, Paris exerce, há séculos, um inebriante fascínio em seus visitantes  

» Editorial
17 anos
» Social Light
O casamento de Eduarda Buaiz e o festival gastronômico do Villa Gourmet  

Turismo Veneza

Há destinos turísticos que são intemporais, não existindo condicionalismos de qualquer ordem que impeçam uma visita, a não ser, é claro, de ordem financeira. É assim Veneza. Qualquer momento é bom para descobrir a velha Cidade do Leão.  
Contudo, há épocas do ano em que o seu esplendor é ainda maior. Desde o princípio da primavera, até ao fim do verão, as regatas, que percorrem os canais, são um acontecimento cheio de beleza e cor, que encantam milhares de espectadores e trazem mais magia à cidade. Ao que parece, estas manifestações populares, de um povo sempre inclinado para as atividades marítimas, teriam começado durante exercícios entre besteiros, organizados na zona do Lido. Os remadores das grandes embarcações, que esperavam esses homens junto da Praça de São Marcos, divertiam-se criando rivalidades entre eles.  
Vendo neste jogo um modo de treinar o povo para a guerra, o Estado instituiu, em 1300, numa regata oficial.  
Desde então, as regatas multiplicaram-se e a tradição foi-se mantendo até aos nossos dias. Em 1825, decidiu-se organizar uma grande regata que relembraria as tradições do fausto da Sereníssima. Nasceu, desta maneira, a Regata Histórica que, em setembro, continua a deslumbrar milhares de pessoas. A cidade está cada vez mais saturada de turistas. Por esta razão, estão sendo tomadas medidas e vão ser cobrados dos viajantes mais alguns trocados, principalmente nas viagens dos “vaporetos”, que contribuirão para cuidar cada vez melhor desta cidade encantada.  
Em Veneza existem igrejas belíssimas, ótimos museus, palácios de sonho, recantos cheios de poesia, hotéis quase místicos.  
Pelas ruas estreitas, atravessando as pontes ou nos jardins Papadoli, sentem-se os passos de Casanova e Visconti, ouvem-se as músicas de Vivaldi e por todo lado continuam a ver-se muitos casais apaixonados, naquela cidade que faz parte do imaginário do romantismo  
Conselhos úteis  
Gastronomia:  
Há lugares onde se podem comer sardinhas de escabeche com pinhões, uma receita muito antiga. O peixe é ótimo. Um jantar ou um aperitivo no Harry’s Bar é sempre agradável. Jantar na Ostaria a la Campana é agradável e relativamente barato. Na ilha de Torcello, o restaurante Locanda Cipriani é um local agradável e com boa cozinha.  
O que fazer:  
Visitar muitas igrejas, ir à academia, à Basílica de S. Marcos, à Scuola de S. Roque, ao Palácio dos Doges, ou ainda, à Fundação Guggenhein. Ouvir um concerto na Scuola Grande di S. Giovanni Evangelista será, com certeza, um momento muito agradável.  
O que comprar:  
Máscaras muito belas, vidros de Murano, rendas de Burano e os típicos chapéus de palha.

  
As grandes regatas venezianas





Turistas e os pombos da Praça de São Marcos

A Ponte dos Suspiros, um dos lugares mais visitados de Veneza

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.